Aguarde, Carregando...
Um candidato para o Céu
LIÇÃO 01
Sábado, 06 de Janeiro de 2018

Um candidato para o Céu

Pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; e não foi achado, porque Deus o trasladara, visto como antes da sua trasladação, alcançou testemunho de que agradara a Deus (Hebreus 11:5).
Quantas vezes os que confiavam na Palavra de Deus, embora completamente indefesos em si mesmos, têm resistido ao poder do mundo inteiro — Enoque, puro de coração e de vida santa, mantendo firme a sua fé na vitória da justiça contra uma geração corrupta e escarnecedora . — Educação, p. 254.
Estudo adicional: Patriarcas e profetas, pp. 84-89 (capítulo 6: “Sete e Enoque”).
DOMINGO, 31 DE DEZEMBRO - 1. UMA ÉPOCA DE CORRUPÇÃO MORAL
1A) O que resume a experiência do “sétimo depois de Adão”, e como o ambiente em que vivia pode ser comparado ao nosso, hoje? Gênesis 5:18-22.
Gn 5:18-22 — 5 E viveu Jarede cento e sessenta e dois anos e gerou a Enoque. 19 E viveu Jarede, depois que gerou a Enoque, oitocentos anos e gerou filhos e filhas. 20 E foram todos os dias de Jarede novecentos e sessenta e dois anos; e morreu. 21 E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Matusalém. 22 E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos e gerou filhos e filhas.
Nunca houve e nunca haverá uma época de trevas morais tão densas como o tempo em que Enoque viveu uma vida de irrepreensível justiça. — The SDA Bible Commentary [E. G. White Comments], vol. 1, p. 1088.
Enoque tinha tentações assim como nós. Estava cercado por uma sociedade que não era mais favorável à justiça do que esta que nos rodeia. A atmosfera que ele respirava estava contaminada de pecado e corrupção, assim como a nossa; no entanto, ele levou uma vida de santidade. — Testemunhos para a igreja, vol. 2, p. 122.
Não devemos, irmãos e irmãs, flutuar à mercê da corrente popular. Nossa obra presente é sair do mundo e estar separados. Essa é a única maneira em que podemos andar com Deus, assim como fez Enoque. — Ibidem, vol. 5, p. 535.
A caminhada de Enoque com Deus não era em transe ou visão, mas em todos os deveres de sua vida diária. Não se tornou um eremita , separando-se inteiramente do mundo, pois tinha, neste mesmo mundo, uma obra a realizar para Deus. — Ibidem, vol. 8, pp. 329 e 330.
SEGUNDA-FEIRA, 1º DE JANEIRO - 2. SAUDÁVEL TEMOR DE DEUS
2A) Que aspectos da experiência de Enoque com Deus deveriam nos inspirar? Gênesis 5:23 e 24.
Gn 5:23 e 24 — 23 E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos. 24 E andou Enoque com Deus; e não se viu mais, porquanto Deus para Si o tomou.
O Senhor amava Enoque porque ele O seguia com inabalável firmeza, odiava a iniquidade e sinceramente buscava conhecimento celestial a fim de cumprir com perfeição a vontade de Deus. Ele ansiava unir-se ainda mais intimamente a Deus, a quem temia, reverenciava e adorava. Deus não permitiu que Enoque morresse, como os demais seres humanos, mas enviou Seus anjos para levarem-no ao Céu sem ver a morte. — Spiritual Gifts, vol. 3, p. 57.
Por trezentos anos, Enoque buscou a pureza de coração, a fim de poder estar em harmonia com o Céu. [...]
O Senhor está nos convidando ao mesmo tipo de comunhão. Semelhante à de Enoque, assim deve ser a santidade de caráter daqueles que serão resgatados dentre os homens por ocasião da segunda vinda do Senhor. — Obreiros evangélicos, pp. 53 e 54.
2B) O que foi mostrado ao primeiro profeta da história, e por que essa visão foi confiada a ele? Judas, versículos 14 e 15.
Jd, vs. 14 e 15 — 14 E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de Seus santos,15 para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade que impiamente cometeram e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.
Enoque foi o primeiro profeta entre a humanidade. [...] Sua vida era um exemplo de coerência cristã. Apenas santos lábios deveriam falar publicamente as palavras de Deus em denúncia e juízos. — The SDA Bible Commentary [E. G. White Comments], vol. 1, p. 1088.
2C) Que tipos de comportamento em especial despertam a ira de Deus na era cristã? Judas, versículos 5-8, 10, 11 e 16; Mateus 11:20, 23 e 24.
Jd, vs. 5, 8, 10, 11 e 16 — 5 Mas quero lembrar-vos, como a quem já uma vez soube isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu, depois, os que não creram; 6 e aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande Dia; 7 assim como Sodoma, e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se corrompido como aqueles e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno. 8 E, contudo, também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam a sua carne, e rejeitam a dominação, e vituperam as autoridades. [...] 10 Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais, se corrompem.11 Ai deles! Porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Corá. [...] 16 Estes são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas concupiscências, e cuja boca diz coisas mui arrogantes, admirando as pessoas por causa do interesse.
Mt 11:20, 23 e 24— 20 Então, começou Ele a lançar em rosto às cidades onde se operou a maior parte dos Seus prodígios o não se haverem arrependido, dizendo: [...] 23 E tu, Cafarnaum, que te ergues até aos céus, serás abatida até aos infernos; porque, se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.24 Porém eu vos digo que haverá menos rigor para os de Sodoma, no Dia do Juízo, do que para ti.
O destino de Sodoma é uma advertência solene, não apenas para os que são culpados de pecado aberto, mas a todos que têm considerado a luz e privilégios enviados pelo Céu como algo insignificante. [...]
Haverá menos rigor no dia do Juízo para as cidades da planície do que para aqueles que conheceram o amor de Cristo e, apesar disso, escolheram os prazeres de um mundo de pecado. — Patriarcas e profetas, p. 165.
TERÇA-FEIRA, 2 DE JANEIRO - 3. MANTENDO NOSSA PERSPECTIVA
3A) Como Enoque mantinha sua pureza? 1 Coríntios 15:33; Tito 1:15 e 16.
1 Co 15:33— Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.
Tt 1:15 e 16 — Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes, o seu entendimento e consciência estão contaminados.16 Confessam que conhecem a Deus, mas negam-nO com as obras, sendo abomináveis e desobedientes, e reprovados para toda boa obra.
[Enoque] não residia entre os ímpios. Ele não se estabeleceu em Sodoma pensando salvar Sodoma. Ele e sua família se instalaram onde o ambiente seria o mais puro possível. Então, às vezes, ele ia aos habitantes do mundo levar a mensagem dada por Deus. Cada visita feita ao mundo lhe causava angústia e dor. Ele viu e entendeu algo da lepra do pecado. Após pregar sua mensagem, ele sempre retornava ao seu lugar de retiro acompanhado de alguns que tinham aceitado a advertência. Uma parte dessas pessoas venceu e morreu antes da chegada do dilúvio. Mas outros viveram tanto tempo sob a influência desmoralizante do pecado que não puderam suportar a justiça. — The SDA Bible Commentary [E. G. White Comments], vol. 1, pp. 1087 e 1088.
Quanto maiores e mais urgentes eram as tarefas [de Enoque], mais constantes e sinceras eram suas orações. Ele continuava a se excluir, em certos períodos, de toda companhia. Depois de permanecer por um tempo entre as pessoas, trabalhando para beneficiá-las por meio de instruções e exemplos, costumava se retirar a um período de solidão, faminto e sedento daquela sabedoria divina que só Deus pode transmitir. — Obreiros evangélicos, p. 52.
3B) O que podemos aprender com a atitude de Enoque? Hebreus 11:5.
Hb 11:5— Pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte e não foi achado, porque Deus o trasladara, visto como, antes da sua trasladação, alcançou testemunho de que agradara a Deus.
O infinito e insondável amor de Deus por meio de Cristo tornou-se dia e noite o objeto das reflexões [de Enoque]. Com todo o fervor de sua alma, ele procurou revelar esse amor às pessoas entre as quais vivia. [...]
À medida que as cenas do futuro se abriam diante de seus olhos, Enoque tornou-se um pregador da justiça, apresentando a mensagem de Deus a todos que quisessem ouvir as palavras de advertência. [...]
O poder de Deus que operava em Seu servo era sentido por aqueles que o ouviam. Alguns prestaram atenção ao sinal de alerta e renunciaram aos seus pecados; mas as multidões zombaram da solene mensagem. Os servos de Deus devem apresentar uma mensagem semelhante ao mundo nestes últimos dias, e mais uma vez ela será recebida com descrença e zombaria. — Testemunhos para a igreja, vol. 8, pp. 329 e 330.
QUARTA-FEIRA, 3 DE JANEIRO - 4. TORNANDO-SE SEMELHANTE A CRISTO
4A) Em que sentido o objetivo de Enoque é um modelo para nós hoje? Gálatas 6:8 e 9.
Gl 6:8 e 9— 8 Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.9 E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.
À medida que os anos se passavam, mais e mais profunda se tornava a maré da culpa humana, e mais e mais escuras se tornavam as nuvens do juízo divino. Entretanto, Enoque, a fiel testemunha, mantinha-se em atividade, advertindo, suplicando e ensinando, esforçando-se para reverter a maré de culpa e evitar os raios da vingança.
Os homens daquela geração zombaram da loucura daquele que não procurava juntar ouro ou prata, nem aumentar suas posses. Mas o coração de Enoque firmava-se em tesouros eternos. — Testemunhos para a igreja, vol. 8, p. 330.
4B) Qual é o guia das nossas decisões diárias? 2 Coríntios 5:7; Oséias 14:9.
2 Co 5:7 — Porque andamos por fé e não por vista.
Os 14:9— Quem é sábio para que entenda estas coisas? Prudente, para que as saiba? Porque os caminhos do Senhor são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão.
Quanto maior era a iniquidade, mais sincero o anseio [de Enoque] pelo lar de Deus. Enquanto estava ainda na Terra, ele habitava, pela fé, no reino da luz. — Testemunhos para a igreja, vol. 8, pp. 330 e 331.
Enoque via Deus ao seu lado? Somente pela fé. Ele sabia que o Senhor estava ali, por isso se apegou com firmeza aos princípios da verdade. Nós também devemos andar com Deus. Quando fizermos isso, nosso rosto será iluminado pelo brilho de Sua presença, e quando nos encontrarmos uns aos outros, falaremos de Seu poder, dizendo: Louvado seja Deus! Bom é o Senhor, e boa é a Sua Palavra!
Aqueles que serão transladados nos últimos dias são os que comungam com Deus na Terra. Aqueles que demonstram que sua vida está escondida com Cristo em Deus sempre irão representá-lO em todas as práticas diárias. O egoísmo será cortado pela raiz.
Que possamos entender a fraqueza da humanidade e ver onde o homem falha em sua autossuficiência. Seremos então preenchidos com o desejo de ser apenas aquilo que Deus quer que sejamos — puros, nobres, santificados. [...]
Tornar-se semelhante a Deus será o único desejo da alma.
Esse era o desejo que preenchia o coração de Enoque. [...] Não estabeleceu sua própria trajetória ou definiu sua própria vontade, como se considerasse a si mesmo totalmente qualificado para resolver as coisas. Esforçou-se para se conformar à semelhança divina. — The SDA Bible Commentary [E. G. White Comments], vol. 1, p. 1087.
QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO - 5. UM PROCESSO DE PURIFICAÇÃO
5A) Descreva o triunfo final de todos aqueles que compartilham do mesmo objetivo de Enoque. Mateus 5:8.
Mt 5:8— Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Deus tem um Céu cheio de bênçãos que deseja conceder àqueles que estão buscando sinceramente aquela ajuda que só o Senhor pode dar. Foi ao olhar pela fé a Jesus, pedindo a Ele, ao crer que cada palavra pronunciada seria cumprida, que Enoque andou com Deus. Ele se manteve bem próximo de Deus, obedecendo a cada uma de Suas palavras. — The SDA Bible Commentary [E. G. White Comments], vol. 1, p. 1087.
Quão poucos se dão conta de ter ídolos queridos, de ter pecados acariciados! Deus vê esses pecados aos quais vocês estejam talvez cegos, e emprega Sua faca de podar, cortando fundo a fim de separá-los desses pecados acariciados. Todos devem escolher por si mesmos o processo de purificação. Como é difícil para vocês se submeterem à crucifixão do próprio eu! Mas, quando toda a obra é entregue nas mãos de Deus, Ele, que conhece nossas fraquezas e nossa pecaminosidade, segue o melhor caminho para produzir o desejado fim. Foi através de constante conflito e simplicidade de fé que Enoque andou com Deus. Vocês podem fazer o mesmo. Podem converter-se e transformar-se inteiramente, tornando-se verdadeiros filhos de Deus, que desfrutam não apenas do conhecimento de Sua vontade, mas que, pelo exemplo, conduzem outros ao mesmo caminho de humilde obediência e consagração. — Testemunhos para a igreja, vol. 3, p. 543.
[Enoque] viveu em uma época corrupta, quando a poluição moral se espalhou por toda parte ao seu redor; no entanto, ele treinou a mente à devoção, a amar a pureza. Seu diálogo era apenas sobre coisas celestiais. Ele educou a mente nesse sentido, e foi marcado com o selo divino. Sua fisionomia estava radiante do brilho que procede do rosto de Jesus. — Ibidem, vol. 2, p. 122.
SEXTA-FEIRA, 5 DE JANEIRO - PARA VOCÊ REFLETIR
1. O que devemos compreender sobre a geração de Enoque?
2. O que devemos aprender do destino de Sodoma?
3. Explique o procedimento de Enoque quanto ao ambiente em que vivia.
4. Com que objetivo Enoque estudou a Palavra de Deus?
5. Como a lição desta semana nos traz esperança?



  Baixar a lição em PDF